[email protected] incríveis e o combate ao Coronavírus

 

Hey People!

Diante do atual momento que estamos vivendo, por que não conversamos com enfermeiras e enfermeiros que estão na linha de frente do combate à pandemia da COVID-19?

         Nessas próximas semanas, iremos sempre postar entrevistas com [email protected] incríveis para que vocês conheçam um pouco sobre o trabalho de excelência e os desafios que eles e elas enfrentam em meio à pandemia. São incríveis, pois são admiráveis pela dedicação em extremo à Enfermagem, mas também são gente como a gente que enfrenta desafios, limitações e preocupações diariamente!

      A nossa primeira enfermeira incrível entrevistada é a Magda Costa, graduada em enfermagem na Universidade de Brasília no ano de 2001, mestre em gestão da qualidade em serviços de saúde e especialista em regulação e vigilância sanitária.

               Ela trabalha na Anvisa há 13 anos e é gerente da Gerência de Vigilância e Monitoramento em Serviços de Saúde da Gerência Geral de Tecnologia em Serviços de Saúde (GVIMS/GGTES/Anvisa). Nosso Team entrevistou a Enfermeira Magda e, confiram vocês mesmos pelo relato dela o quanto ela tem trabalhado hard e se dedicado muito diante da pandemia!!! Ela é uma Enfermeira incrível!!!

                                                                                               Enfermeira Magda 


Entrevista com a Enfermeira Magda


Team Mentoria:

- Magda, desde que iniciou a atual pandemia da COVID-19, o que tem mudado no seu trabalho? Quais são as demandas, os desafios e as preocupações que você vivencia?

 

Enfermeira Magda:

- A nossa equipe é responsável pela coordenação das ações nacionais de prevenção e controle de infecções em serviços de saúde e, como fazemos anualmente, estruturamos ainda em 2019 um planejamento pormenorizado para 2020, mas devido à pandemia da COVID-19, tivemos que fazer uma readequação de todo o nosso planejamento.

 Nós estamos trabalhando sem descanso na elaboração de materiais técnicos, como Notas Técnicas, cartazes, orientações para serem veiculadas nas redes sociais da Anvisa, temos respondido centenas de dúvidas e denúncias encaminhadas à Anvisa pelos serviços de saúde vigilâncias sanitárias locais, população em geral, etc, além de mantermos um canal aberto com todas as redes de comunicação (TV, rádio, internet) para sanar dúvidas técnicas que surgem à cada dia.

 Todo esse trabalho tem exigido de todos nós, horas infindáveis de estudo diário, reuniões por videoconferência a qualquer dia e hora e um trabalho exaustivo na tentativa de articular a resposta dos profissionais de controle de infecção hospitalar e das vigilâncias sanitárias em todo país a essa situação emergencial.

 Nós também temos participado da discussão de materiais técnicos com o Ministério da Saúde e com diversos outros atores que tem demandado as nossas contribuições, no sentido de apoiar a elaboração de orientações nacionais de modo a favorecer a prestação de uma assistência mais segurança para os pacientes e profissionais envolvidos.

 Ainda em fevereiro de 2020, participamos ativamente da Operação Regresso, que repatriou os brasileiros e familiares que estavam na cidade de Wuhan, epicentro da COVID-19 na China. Apoiamos a elaboração de protocolos, capacitamos diversas equipes e acompanhamos diariamente o trabalho desenvolvido. Essa foi uma experiência marcante durante esse período!

 Além disso, temos feito discussões diárias sobre a necessidade de publicação de normas da Anvisa para apoiar o trabalho contra a COVID-19. Já foram publicadas algumas normas referentes à avaliação do desabastecimento do mercado, de estímulo à produção de preparações alcoólicas e produtos para saúde (como EPIs, ventiladores mecânicos, testes laboratoriais), além da flexibilização de requisitos para que serviços de saúde e indústrias pudessem importar ou produzir materiais ou equipamentos de forma mais acelerada e segura para atender à demanda emergencial.

 De fato, desde janeiro de 2020, nossas agendas estão comprometidas com esse assunto. O grande desafio para nós é lidar com a demanda gigantesca, afinal, nossa equipe é formada por apenas 10 profissionais (3 especialistas em segurança do paciente, 5 especialistas em controle de infecções, 1 estatístico e eu).

 

Team Mentoria:

- Uau, Magda! Quantas demandas!!! Quanto trabalho!!! E isso tem afetado também sua vida pessoal ou familiar? De que forma?

 

Enfermeira Magda:

- A nossa vida sempre foi muito corrida, porque faz parte da nossa rotina as viagens pelo país, reuniões diárias e o trabalho apenas com o horário certo de chegada, mas sem dúvida a tensão causada por essa situação emergencial tem nos afetado mais. Temos que estar disponíveis 24h, nos sete dias da semana, alguns em trabalho remoto (porque os filhos pequenos estão sem aulas ou porque são do grupo de risco), outros, no trabalho presencial e remoto ao mesmo tempo (como eu, rsrsrs) e isso tem trazido novos impactos na nossa vida pessoal. Mas nós entendemos que essa situação tem modificado a vida de todos os brasileiros e que a nossa missão é dar o nosso melhor para o enfrentamento desse grave problema de saúde pública.

 

Team Mentoria:

- Estamos chegando ao final da nossa entrevista e gostaríamos de saber que dica você deixa para nós em relação aos cuidados frente à COVID-19?

 

Enfermeira Magada:

- Precisamos apoiar as medidas de distanciamento social, reforçar a necessidade de manter pelo menos 1 metro de distância entre as pessoas, tornar uma rotina as ações de higiene respiratória/etiqueta da tosse (que já deviam fazer parte da nossa vida, mas que ainda não são familiares a algumas pessoas), estimular hábitos como a higiene das mãos, reforço na limpeza e desinfecção de ambientes e superfícies, entre outras.

 Para os profissionais de saúde, é importante que se capacitem sobre todos esses assuntos já citados e principalmente sobre as medidas gerais de prevenção e controle de infecções como a colocação e retirada correta dos EPI (o que deve ser usado e porque em cada situação), a higiene das mãos na técnica correta e nos 5 momentos da assistência de enfermagem, etc, mas principalmente que se conscientizem do seu papel fundamental na prevenção de novas infecções nos serviços de saúde. Essa não é uma atribuição somente dos profissionais que destacados para realizar as ações de prevenção e controle de infecções e segurança do paciente. Todos os profissionais de saúde são responsáveis pela segurança da assistência prestada. Sem dúvida, esse pode ser o grande legado de toda essa crise que estamos vivendo.

 Por fim, reforço que devemos continuar lutando juntos nessa batalha e que tenho certeza que isso tudo vai passar e que sairemos ainda mais fortalecidos como país de toda essa situação!

 

Team Mentoria:

- Gratidão imensa, Magda, por compartilhar conosco sobre seu trabalho!!! Admiração profunda pela enfermeira que você é!!!

 

Confira aqui a última Nota Técnica da Anvisa que a equipe da Magda elaborou, em colaboração com dezenas de profissionais de associações e sociedades profissionais de todo país, com orientações para serviços de saúde sobre as medidas de prevenção e controle que devem ser adotados durante a assistência aos casos suspeitos ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus (SARS-CoV-2). 

Clique aqui para acessar a Nota Técnica!

E aí? Curtiu? Acompanhe nosso blog, pois temos mais entrevistas com enfermeiros incríveis vindo por aí!